Postagem em destaque

Corpo e pensamento

Lucrécio: natureza sem amos

Inumeráveis átomos volitam de muitos modos no universo sem fundo, impelidos por um eterno movimento, se chocando ao acaso por sua iniciativa, depois de se reunirem em vão e esterilmente de muitos modos, chegaram por fim, agregando-se num momento, a criar a terra, o mar, o céu e os seres vivos. A natureza, livre e sem amos soberbos, opera ela própria todas as coisas, por sua iniciativa, por si só, sem deuses. (De rerum natura II 1054-1092)

Nenhum comentário:

Postar um comentário