Postagem em destaque

Corpo e pensamento

Lucrécio sobre o lathe biosas de Epicuro

Grande riqueza para o homem é viver frugalmente com  tranquilidade: com efeito, do pouco nunca há falta. Mas os homens quiseram ser ilustres e pode-rosos, para que a sua fortuna perdu-rasse sólida e, opulentos, tivessem uma vida tranquila. Em vão, pois com-petindo para alcançar o pico das hon-rarias, encheram de perigos o caminho e a ambição, como um raio, fulmina-os lá no alto e precipita-os num inferno. De modo que é muito melhor ser alguém pacato que executa em vez de querer mandar, ter poder e reinos. Deixe-os lá suar sangue em esforços vãos, labutando pelo estreito caminho da ambição. (De rerum natura V 1117-1130)

Nenhum comentário:

Postar um comentário